sexta-feira, 24 de maio de 2019

O Garoto de Lugar Nenhum

Uma história sobre empatia, coragem e a amizade entre um jovem refugiado sírioe um garoto americano.
Tendo como pano de fundo a crise dos refugiados sírios, a premiada autora Katherine Marsh relata uma emocionante história de resiliência, amizade e heróis cotidianos.
Ahmed está preso em uma cidade que não quer nada com ele. Recém-chegado a Bruxelas, na Bélgica, o jovem de quatorze anos fugiu de uma vida de incertezas e sofrimento na Síria, perdendo o pai na perigosa viagem à costa da Europa. Agora, Ahmed precisa lutar para sobreviver sozinho, mas, sem ninguém para confiar e sem ter para onde ir, ele começa a perder as esperanças.
Até que ele conhece Max, um menino americano. Solitário e com saudades de casa, Max está sendo incomodado por um valentão na escola e não fala uma palavra de francês. Quando as vidas de Max e Ahmed colidem, cresce uma amizade entre eles, desafiando todas as probabilidades. Juntos, aprenderão o que significa ser corajoso e como a esperança pode mudar seus destinos.
Título: O Garoto de Lugar Nenhum
Autor (a): Katherine Marsh
Editora: Planeta
Número de páginas: 304


Vocês sabem o quanto eu gosto de me emocionar lendo um bom livro, né? E tenho um verdadeiro tombo por histórias que tratam de guerras, sejam elas quais forem. Quando recebi a news da Editora Planeta meus olhos brilharam ao ver O Garoto de Lugar Nenhum e eu soube, ao ler a sinopse, que seria um daqueles livros que entrariam para a lista dos queridinhos da estante. E não me enganei.
Ahmed e seu pai estão fugindo da guerra que devastou a Síria. O garoto, que tem apenas 14 anos, deixou para trás tudo que um dia conheceu e viu de perto a morte, quando uma bomba atingiu sua casa e levou sua mãe, irmãos e avós. Agora, dentro de um pequeno barco, no meio da noite e junto com outros refugiados, ele tem a esperança de poder reconstruir sua vida junto ao seu baba. Mal sabia ele que o destino traria tristeza para sua vida. Em meio a travessia, com uma forte tempestade e o motor da lancha falhando, o pai de Ahmed some no mar e assim, o garoto fica órfão e praticamente sozinho no mundo.
Decidido a chegar na cidade almejada, ele acaba se metendo em uma grande confusão com um contrabandista e foge, indo parar em uma rua cheia de casas. Em meio a chuva, no escuro, ele encontra um abrigo no porão de uma dessas casas. O esconderijo seria apenas para uma noite, mas o tempo vai passando e ele continua ali, vivendo embaixo da casa de uma família. O medo de ser pego é grande, a vergonha também, mas ele não tem mais nenhum lugar para onde ir e aquele local é o lugar mais seguro que ele pode ter por enquanto. Tudo parecia estar perdido para ele, até que o destino põe Max em sua vida.
Max e sua família se mudaram recentemente para Bruxelas, mas o garoto ainda não se adaptou a sua nova rotina. Na escola ele não conseguiu se enturmar, sofre com o bullying de um colega de classe e tudo que mais deseja é voltar para os Estados Unidos. Ao descobrir Ahmed no porão de sua casa, sua vida dá uma guinada de 360º. Embora a situação seja bem inusitada, aos poucos os dois vão se aproximando e nasce entre eles uma forte amizade. E é movido por essa força que Max fará de tudo para ajudar o novo amigo a conseguir aquilo que mais deseja: voltar a ir à escola.
Pensem numa história linda, fofa, super cativante e de enternecer o coração! Eu tô muito apaixonada por O Garoto de Lugar Nenhum, um dos livros mais amor que li esse ano. Já comecei o livro esperando algo bem pesado, mas com o passar das páginas fui percebendo que, mesmo se tratando de uma história forte, a leitura foi leve e de uma sutileza incrível.
A amizade que nasce entre os dois garotos é muito comovente e muda a vida de ambos. Mas, que desde que chegara à nova escola sempre se sentia um peixe fora d'água, sem amigos e até mesmo um tanto incompreendido pelos pais. Já Ahmed não tinha mais ninguém na vida e apenas Max interagia com ele, sempre conversando, levando livros e fazendo bem mais do que qualquer outra pessoa faria por outra.
É impossível não gostar dos dois garotos. Apesar de algumas diferenças, o que os une é algo muito mais forte e ambos aprenderam a confiar um no outro de uma forma que jamais imaginaram. Juntos, eles passam por situações difíceis e também divertidos, um sempre ensinando algo novo ao outro e estreitando cada vez mais os laços de amizade e respeito.
O Garoto de Lugar Nenhum foi uma das leituras que mais me agradou esse ano. Sorri em algumas partes, me emocionei em muitas (porque foi inevitável não me colocar no lugar de Ahmed em cada situação vivida) e terminei a leitura com um sorriso no rosto e aquele quentinho no coração. Um YA lindíssimo que merece ser conhecido. ❤

Um comentário:

  1. oi!
    Eu não conhecia o trabalho da autora, a historia é bem interessante e atual...

    ResponderExcluir