sábado, 29 de junho de 2019

Até Onde o Amor Alcança


Talvez estar apaixonado seja uma das melhores sensações da vida. Saber que existe alguém que faz seu coração bater tão forte alegra o nosso dia, mas abrir o coração e deixar tudo para trás quando o amor acaba pode ser difícil. Mostrar vulnerabilidade, raiva, tristeza, perdão e reconhecer erros é o melhor caminho para crescer de verdade.
“Ninguém avisa a gente que amar faz a pele arder e o peito dilatar, seja com as coisas dando certo ou não. Contos de fadas não duram muitos dias na vida real, o amor é o que faz tudo valer a pena. Torço para que você seja feliz, e que possamos caminhar juntos. Hoje eu quero o para sempre, mesmo sabendo que não posso controlar tudo. Há coisas minhas que são tão suas, a ponto de eu não ter coragem de colocar uma roupa nova sobre elas, porque eu não quero te esquecer.”
“Foi muito bom te reencontrar nesse processo. Nas viagens de carro que fizemos, nas noites em restaurantes baratos e nos domingos de carnaval fechados em nosso próprio mundo, nós construímos algo especial.”
“Suportamos isso. Ignoramos inclusive as partes chatas da existência. Esses momentos difíceis retornam, de vez em quando. Contudo podemos nos perdoar e ter novas chances.”
JURAMOS QUE DURARIA PARA SEMPRE MESMO SABENDO QUE O AMOR NÃO VIVE DE PROMESSAS, MAS NÃO VAMOS DESISTIR!
Título: Até Onde o Amor Alcança
Autor (a): Julio Hermann
Editora: Faro Editorial
Número de páginas: 176


Hello pessoas!! Estou aqui novamente para falar de outro livro lindíssimo da Faro Editorial! que é “Até onde o amor alcança” de Júlio Hermann. Um livro incrível, que fala da perda do amor e de sua reconstrução.
O livro traz um amor depois do término. A escrita se intercala com a narrativa dos sentimentos vividos e curtos poemas. Aborda o amor em suas fases de redescobrir-se, se permitir e se reerguer.
No início de cada parte da história contada tem uma música, que eu indico tocar no momento da leitura se possível, porque faz com que os sentimentos com a leitura se intensifiquem tornando-a mais agradável do que já é. As ilustrações apresentada no livro fazem com que a gente enxergue de maneira mais clara o que o autor está nos proporcionando na leitura fazendo os leitores se se sentirem dentro da história.
É um livro super fofo e muito agradável, aquele tipo que dá pra ler todinho em um único dia (que foi o que eu fiz). Escrita clara e fluida, com um texto agradável e visualmente bonito. É praticamente impossível não amar e se identificar com o que Julio escreve. E, por estar passando por uma das fases relatadas no livro, me senti ainda mais próxima dele. Derramei algumas lágrimas no decorrer da leitura, em alguns pontos ela acabou mexendo demais com meus sentimentos e foi como se o livro falasse comigo. Acho que foi justamente isso que me fez gostar tanto da leitura!
A forma como o autor aborda os sentimentos descritos dói na alma de quem já teve uma desilusão amorosa e sabe exatamente o que é significa cada ponto dado na história, cada fase descrita e cada sentimento abordado, assim como às dúvidas e impulsos.
Sem medo de errar Júlio Hermann trouxe um excelente forma de vermos “até onde o amor alcança” de verdade. O livro todo é uma linda mensagem de superação. Vale lembrar que toda dor um dia passa e vem um novo começo, nada dura para sempre! Sempre existe uma maneira de recomeçar!
Esse amor de livro tem várias frases incríveis e reflexivas e nada melhor do que deixar umas delas para vocês!
“Me parece que o mais difícil no processo de esquecer alguém talvez seja lembrar-se de si.”

Mayana Dórea

Nenhum comentário:

Postar um comentário