quarta-feira, 26 de junho de 2019

Eu Quero Mais

Aos dezenove anos Elizabeth se mudou do interior do Rio de Janeiro para a capital de São Paulo com a intenção de conseguir seu diploma de Jornalista e trabalhar com o que sempre sonhou, rádio. Deixar para trás a estabilidade e segurança da casa dos pais a assustou, mas com o apoio do melhor amigo – Joaquim Hernandez – ela decidiu lutar para conquistar o que sempre quis.
No primeiro dia de aula, Elizabeth conhece Breno e o riso fácil, o sotaque arrastado e as covinhas encantadoras dele fazem com que ela se sinta bem recebida em meio ao total desconhecido. Pouco tempo é necessário para que ela encontre nessa amizade a possibilidade de finalmente pertencer a algum lugar, já que todas as vezes que ela sorri com as surpresas de São Paulo, Breno sorri de volta como quem quer apresentá-la a cada pedacinho desse mundo novo. Ainda assim, seu coração não consegue esquecer o amor que lhe roubou o chão, muitos anos atrás.
Em meio a hostilidade de um ambiente elitista, novas amizades, relacionamentos tóxicos, dores do passado e um amor surpreendente, ainda existe uma questão a ser respondida: Será que existe algo que o amor não pode superar?
Uma leitura diferente de todos os romances que já cruzaram o meu caminho. (...) Real, humano, desafiador e apaixonante. Um livro de estreia que enche de orgulho quem acompanha a Literatura Nacional. — L. C. Almeida. Autora Best Seller da Amazon.
Uma leitura que nos obriga a valorizar nossa felicidade, sem pensar muito no futuro. Um romance que nos exige uma resposta para os afetos, sem adiar os sonhos. Lizzie sabe que tudo dependerá de suas escolhas.
Amanda Melo — Faces em Livros.

Título: Eu Quero Mais
Autor (a): Tayana Alvez
Editora: Amazon
Número de páginas: 509

Quando se mudou para São Paulo, pra estudar Jornalismo, Elizabeth tinha em sua mente uma única coisa: ela queria mais pra sua vida! Na sua família sempre houve muito amor e respeito, ela recebeu todo apoio possível dos pais e agora, longe de casa, começa a viver algo totalmente novo, inusitado, empolgante e, ao mesmo tempo, assustador.
Em seu primeiro dia de aula, conhece Breno, um rapaz muito simpático que logo a ajuda a encontrar sua sala e se torna sua companhia constante. Os dois se dão super bem, ele é divertido, carinhoso, um verdadeiro príncipe. Com a proximidade, começa a nascer algo entre os dois que vai além da amizade e o namoro que se inicia é algo mais que esperado.
Acontece que Elizabeth já tem alguém em seu coração. Há alguns anos, ela viveu um relacionamento forte e intenso com seu melhor amigo Joaquim, o Joca. Eles se conhecem desde criança e ela sempre foi apaixonada por ele. O "namoro" acabou quando ambos precisaram alçar novos vôos, porém o carinho e a amizade prevalecem. Os dois estão sempre se falando e é visível que ainda existe uma centelha de paixão. Será que ela será capaz de deixar pra trás seu passado e viver o presente se medo?

Parece uma história clichê de triângulo amoroso? Sim, parece. E eu também achei isso enquanto lia a sinopse. E não vou negar: meu intuito ao fazer um breve resumo da trama era apenas deixar vocês a par de uma parte da trama. É muito chato quando lemos uma resenha cheia de spoilers, quando a pessoa entrega mais do que deveria e, ao avançar as páginas, não temos nos aquela surpresa da descoberta. Portanto, perdoem essa blogueira que vos fala, mas eu não ousarem entregar mais que isso.
Quando comecei a leitura de Eu Quero Mais estava esperando um romance mais leve e foi justamente isso que a primeira parte dele se mostrou. Passei uma boa parte do tempo pensando que a história se resumiria apenas em Elizabeth dividida entre o amor de dois boys magia. O que eu não esperava, meus caros leitores, era que a trama teria uma bela reviravolta e trouxesse assuntos tão atuais e necessários de discussão.
Um dos pontos que você precisa saber é que Lizzie é negra, uma das poucas do seu curso. Se prestarmos bastante atenção, vamos vendo a visão estereotipada que fazem a respeito dela, os comentários, que muitas vezes são encarados com naturalidade por quem está próximo, mas que soam ofensivos e racistas para quem é dirigido. Tayana nos mostra isso no decorrer de todo o livro, as vezes de forma bem sutil, em outras um pouco mais gritante, nos mostrando a necessidade de revermos determinados tipos de comportamento que muitos julgam serem normais e inocentes.
Com muita suavidade, Tayana aborda assuntos como abuso e racismo em sua trama. Como já foi dito mais acima, algumas situações são bem discretas e podem passar despercebidas por alguns leitores. Eu não tenho lugar de fala nessa questão, mas como mulher me senti muito mal por tudo que Lizzie passou.
E já que estamos falando dos personagens, minha relação com eles foi muito intensa. Joca é, de longe, a pessoa mais centrada e incrível de todos os tempos. Eu me apaixonei por ele perdidamente e não tinha como isso ser diferente já que o rapaz é maduro, atencioso, muito fofo e lindo! Ai gente, eu poderia passar dias listando os predicados desse homem. Breno também tem lá o seu charme, é simpático e muito bem humorado, e não é de se admirar que Lizzie tenha ficado caidinha por ele. Já ela...bom, Elizabeth não é uma pessoa gostável. Ela é uma garota bacana, inteligente, mas muito influenciável e que age de forma tão impulsiva que chega a dar nervoso. Não foram poucas as vezes que reclamei dela ou que parei de ler por não concordar com suas escolhas. Porém, eu a compreendi e torci muito para que pudesse enxergar o que acontecia ao seu redor e pudesse dar a volta por cima.
Eu Quero Mais é uma história envolvente, que traz personagens marcantes e muitas reflexões. É um livro que nos faz questionar velhos hábitos e rever posturas, uma leitura imprescindível a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário